JORNAL NACIONAL

Loading...

quarta-feira, 20 de junho de 2012

EDIÇÃO DO JORNAL NACIONAL DESTA QUARTA-FEIRA DIA 20 DE JUNHO DE 2012:

 REPORTAGEM 1 DE 14:

(01) Chefes de estado discutem o futuro do planeta na Rio+20

Na aberturada reunião de cúpula, o secretário-geral da ONU não escondeu a frustração com o documento que será discutido pelos líderes mundiais.

 

Ao todo, 94 chefes de estado e de governo participaram, nesta quarta-feira (20), do primeiro dia da reunião de cúpula, na Rio+20. Na abertura, o secretário-geral da ONU não escondeu a frustração com o documento que será discutido pelos líderes mundiais.
Na foto oficial dos líderes mundiais reunidos no Riocentro, sorrisos amáveis. Mas nos bastidores da Rio+20 permanece a frustração com o texto apresentado nesta quarta-feira (20) aos chefes de estado. Representantes de todas as organizações não governamentais convidadas para a sessão de abertura criticaram duramente o documento final.
"Temos a oportunidade de sermos os salvadores do planeta. No entanto, vemos que a Rio+20 pode se tornar outro fracasso", disse um representante.
Na cerimônia de abertura, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, elogiou o esforço para se chegar a um consenso. Mas, para os jornalistas, ele reconheceu que o texto ficou abaixo das expectativas e pediu aos chefes de estado que priorizem o futuro do planeta e pensem menos nos interesses de cada país.
As críticas generalizadas ao relatório aumentam a pressão sobre os chefes de estado. Mas, de acordo com alguns negociadores do Brasil, é pouco provável que haja alguma mudança no texto. Qualquer palavra substituída agora reabriria automaticamente as negociações, e não há tempo hábil para redigir um novo acordo.
O presidente da França, François Hollande, concorda, mas afirmou que a França está comprometida em buscar avanços, inclusive apoiando uma taxa internacional sobre operações financeiras para ajudar os países mais pobres a buscarem a sustentabilidade.
A presidente Dilma Rousseff disse que a crise internacional deu um significado especial para a Rio+20.
“Em um momento como este, de incertezas em relação ao futuro da economia internacional, é forte a tentação de tornar absolutos os interesses nacionais. Sabemos que o custo da inação será maior que o das medidas necessárias, por mais que essas provoquem resistências e se revelem politicamente trabalhosas”, disse Dilma.
O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, acusou os países desenvolvidos de impor padrões de consumo e comportamento.
Entre tantos homens e mulheres poderosos, o discurso mais forte do dia foi a da jovem neozelandesa de 17 anos. Britany Trilford ganhou um concurso e teve o privilégio de abrir a conferência na condição de representante de três bilhões de crianças. Com a voz firme, ela disse: “Nós, da próxima geração, exigimos mudança, exigimos ação para que possamos ter um futuro.''

 

(02) Denúncias de fraude adiam anúncio de resultado de eleição no Egito

Atraso é mais um ingrediente para aumentar clima de tensão no país, agravado por informações desencontradas sobre saúde do ex-ditador Hosni Mubarak. Advogado desmentiu que ele estivesse clinicamente morto.

O resultado oficial da eleição no Egito não vai mais ser feito esta quinta-feira (21), por causa de denúncias de fraude. Mais um ingrediente para aumentar o clima de tensão no país, agravado também por informações desencontradas sobre a saúde do ex-ditador Hosni Mubarak.

O hospital onde está internado Hosni Mubarak, no Cairo, virou local de confronto entre simpatizantes do regime militar e opositores do homem que governou o Egito com mão de ferro por 30 anos.
Um dos advogados de Mubarak desmentiu a informação de que o ex-ditador estivesse clinicamente morto, como chegou a ser anunciado nesta terça-feira (19). Na verdade, ele estaria entrando e saindo do coma depois de sofrer um ataque do coração e um derrame.
A imprensa egípcia informou que há tempos Hosni Mubarak sofre de câncer e de problemas no coração e que o derrame sofrido nesta terça-feira pode deixar graves sequelas no ex-presidente. Mas a falta de informação oficial sobre o caso revela que um velho hábito do regime Mubarak, de não dar satisfação sobre a vida dos comandantes militares, continua o mesmo depois da revolução.
Aumentando ainda mais a incerteza no país, a comissão eleitoral informou ter adiado o anúncio oficial do vencedor do segundo turno para presidente, previsto para esta quinta-feira. Tanto Mohamed Mursi, da Irmandade Muçulmana, como o ex-primeiro-ministro Ahmed Shafiq afirmam que venceram a disputa.
 

 

(03) Funcionários de 83 consulados do Brasil no exterior entram em greve

Eles exigem reajuste salarial e reestruturação da carreira. Ministério das Relações Exteriores afirma que serviços emergenciais estão mantidos.

Funcionários de 83 consulados e embaixadas do Brasil no exterior entraram em greve por reajuste salarial e reestruturação da carreira.
O ministério das Relações Exteriores afirma que serviços emergenciais estão mantidos, como a emissão do documento que permite o retorno ao Brasil em caso de perda do passaporte.

 

(04) Feira em São Paulo apresenta caixa eletrônico resistente a explosões

A feira reuniu fabricantes de equipamentos de segurança para os bancos. Tem novidades para a proteção dos clientes e do dinheiro.

Em São Paulo, uma feira reuniu fabricantes de equipamentos de segurança para os bancos. Tem novidades para a proteção dos clientes e do dinheiro.

Um bando usou dinamite para explodir o caixa eletrônico na madrugada desta terça-feira (19), em Belo Horizonte. De janeiro a maio, foram 127 ataques em Minas. Na metade deles, os ladrões levaram o dinheiro. Mas há um caixa eletrônico que é diferente.
Quando a poeira baixa, o cofre continua intacto. O caixa foi redesenhado, e a onda de choque da explosão vai para cima e não para onde o dinheiro está guardado. A novidade foi apresentada nesta quarta, em uma feira de tecnologia para bancos.
Câmeras mostram quando alguém espia por cima do ombro do cliente e aumentam a segurança na agência.
"Ela varre o ambiente, e essa imagem extrai a face, e a partir daí eu posso ter a oportunidade de identificar essa pessoa", explica o consultor de segurança Sérgio da Pátria.
Se for um ladrão, a polícia é acionada, e o roubo de informações dos cartões inseridos nos caixas pode acabar. Em um deles, o cliente nem encosta. A tela 3D faz as operações de saque ou extrato flutuarem no ar. Para escolher, basta movimentar as mãos.
Até o cartão eletrônico pode ser dispensado. O celular faz a mesma coisa, apenas aproximando do caixa. O cliente pode, de casa ou de dentro de um restaurante, decidir quanto vai retirar. A reportagem escolheu algumas notas de valores diferentes, apertou em sacar e aproximou o celular do caixa eletrônico. Após encostar o dedo polegar, para o banco saber o dono da conta, o dinheiro saiu.
Já é possível até mandar dinheiro para quem não tem conta no banco. O correntista abre um programa no celular e decide o valor. O banco manda um código por torpedo para quem vai sacar. Ele digita os números, uma senha, e o caixa libera o dinheiro.
“Não exige nenhum conhecimento adicional do público, é só manejar o celular, que a gente já faz no dia a dia", conclui o gerente da empresa, Inon Neves.

 

(05) Governo não pretende interferir no conteúdo de rádio e TV, diz ministro

Em seminário, autoridades e empresários debateram futuro da radiodifusão no país. Um dos assuntos discutidos foi novas regras para as telecomunicações. 

O ministro Paulo Bernardo disse que o governo não pretende interferir no conteúdo dos meios de comunicação. Ele participou de um seminário realizado pela Abert , Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão.
O rádio completa 90 anos no Brasil. Mais de 300 milhões de aparelhos estão nas casas dos brasileiros. Bem mais nova, a TV em cores faz 40 anos.
No seminário, autoridades e empresários debateram o futuro da radiodifusão no país. O vice-presidente das Organizações Globo, João Roberto Marinho, também esteve no encontro. Um dos assuntos discutidos foi novas regras para as telecomunicações.
O debate já gera polêmica há algum tempo. Havia a desconfiança de que o governo poderia interferir no conteúdo das programações do rádio e da TV. Uma espécie de volta da censura.
Nesta quarta-feira (20), o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afastou essa possibilidade e disse que a proposta em discussão no governo não vai ser guiada por motivos político-partidários:
"Não se pode confundir o debate da regulamentação setorial com o debate sobre o jornalismo ou o comportamento dos meios de comunicações. Nem com as críticas que diferentes setores de nossa sociedade fazem ao conteúdo veiculado pelos meios de comunicação. Não há razão alguma para que o debate sobre regulação venha a ser confundido com ameaça à liberdade de expressão no Brasil. E cumpre destacar que, nos últimos anos, a liberdade de manifestação de ideias fluiu com vigor no país”.
O presidente da Abert, Emanuel Carneiro, considera que ao afastar o risco de restrição ao conteúdo veiculado pelos meios de comunicação, o governo vai ter o apoio do setor:
“Estamos vivendo no Brasil neste momento uma liberdade de imprensa que foi duramente conquistada e precisa ser preservada porque isso custou muito sacrifício, inclusive de vidas humanas”.

 

(06) Ruas do Rio têm dia de manifestações a favor do meio ambiente

Uma barreira de segurança impediu a entrada de manifestantes no Riocentro na manhã desta quarta-feira (20).

Nas ruas do Rio de Janeiro, foi mais um dia de protestos. Uma barreira de segurança impediu a entrada de manifestantes no Riocentro na manhã desta quarta-feira (20). O secretário-geral da presidência da República, Gilberto Carvalho, foi cercado por índios e conversou com eles.

À tarde, o Centro do Rio virou espaço para uma grande manifestação. Não de um, mas de vários grupos e organizações. Milhares de pessoas fizeram dessa quarta-feira um dia de muitos pedidos e protestos.
“Eu acho que aqui estão concentrados pensadores, pessoas do mundo que querem um mundo melhor”, definiu um homem.
A marcha reuniu gente de cantos diferentes do planeta.
“A gente está aqui para defender os direitos da criança para um desenvolvimento sustentável”, afirmou uma mulher.
A defesa do ambiente inclui os animais. Um grupo chamou a atenção contra o sofrimento deles.
A caminhada de cerca de dois quilômetros reuniu 50 mil pessoas, segundo os organizadores. A Polícia Militar afirma que eram 20 mil.
Para motoristas, o protesto em uma das regiões mais movimentadas do Centro causou transtornos.
Teve samba, teatro, muitas críticas em faixas, cartazes, e até um velório na Avenida Rio Branco.
Pão, não bombas, estava escrito em inglês. E o tanque de guerra foi coberto com pão árabe.

 

(07) Partidos gregos fecham acordo sobre novo governo

Líder conservador Antonis Samaras vai governar país com apoio de dois outros partidos. Ele quer adotar medidas para que a Grécia volte a crescer e combata o desemprego, que chega a quase 23%.

Na Grécia, depois de três dias de negociações, os partidos finalmente conseguiram fechar um acordo para formar o novo governo.
Antonis Samaras, vencedor das eleições de domingo (17), prestou juramento como primeiro-ministro diante do presidente, Karolos Papoulias, de autoridades da Igreja Ortodoxa e de toda a nação grega.
O líder conservador vai governar o país com o apoio de dois outros partidos: o socialista, de Evangelos Venizelos, ex-ministro da economia, e a Esquerda Democrática.
Samaras pretende suavizar os cortes de gastos acertados com a União Europeia e o Fundo Monetário Internacional (FMI), apesar da primeira-ministra alemã, Angela Merkel, ter negado esta possibilidade.

O novo governo tem pouco tempo para preparar a sua proposta, que será apresentada no fim de junho, em Bruxelas, à cúpula da União Europeia. Samaras quer adotar medidas para que o país volte a crescer e combata o desemprego, que na Grécia chega a quase 23%.
De acordo com a imprensa grega, ele deve pedir a liberação de uma parcela de 31 bilhões de euros da última ajuda financeira ao país, de 130 bilhões.
 

 

(08) Elize Matsunaga é transferida de prisão no interior de São Paulo

Na penitenciária de Tremembé, ela vai ficar separada das outras presas e sem receber visitas durante dez dias.

A assassina confessa Elize Matsunaga foi transferida de prisão, nesta quarta-feira (20), no interior de São Paulo. Ela deixou a cadeia de Itapevi. Na penitenciária de Tremembé, vai ficar separada das outras presas e sem receber visitas durante dez dias. Por matar e esquartejar o marido, Marcos Matsunaga, ela vai responder por homicídio triplamente qualificado.


(09) PF e Receita apreendem sete aviões executivos no Rio e em São Paulo

Eles entraram no Brasil como se fossem de estrangeiros e tiveram a licença renovada, mas eram usados por brasileiros que não pagavam impostos pela importação.

Polícia Federal e Receita Federal apreenderam sete aviões executivos em aeroportos do Rio e de São Paulo. Eles entraram no Brasil como se fossem de executivos estrangeiros e tiveram a licença renovada a cada dois meses, mas eram usados por empresários brasileiros que não pagavam os impostos pela importação. Uma fraude de R$ 196 milhões. Mas ninguém foi preso


(10) Mais de 50 mil pessoas têm prejuízos com a chuva no Paraná

A cheia do Rio Iguaçu desalojou 70 famílias, que foram levadas para abrigos.

No Paraná, mais de 50 mil pessoas tiveram prejuízo com a chuva.
Em União da Vitória, na divisa com Santa Catarina, a situação é de emergência. A cheia do Rio Iguaçu desalojou 70 famílias, que foram levadas para abrigos. No norte do estado, choveu nas últimas horas quatro vezes mais do que o previsto para o mês todo. Em Jataizinho, o Rio Jataí transbordou, deixando parte da cidade alagada. Na região de Londrina, sete trechos de estradas foram interditados por causa de enchentes ou deslizamentos.
Em Porecatu, o Rio Capim subiu depressa, inundou ruas e arrastou pontes, isolando bairros inteiros. Prejuízo para todo lado. Muitas casas ficaram debaixo d’água.
A enchente também atingiu uma criação de porcos e parte dos animais morreu afogada.
Na outra margem, a água invadiu um supermercado. Produtos ficaram espalhados pelos corredores. O prejuízo só vai ser calculado depois da limpeza, que deve demorar três dias.

 

(11) Inverno começa com muita chuva no Sul, Sudeste e Centro-Oeste

Por causa da frente fria, um corredor de umidade se formou nessas regiões, o que não é muito comum nessa época do ano.

O inverno está começando com muita chuva no Sul, no Sudeste e no Centro-Oeste. Por causa da frente fria, um corredor de umidade se formou nessas regiões, o que não é muito comum nessa época do ano. Há muitas nuvens sobre o Paraná, São Paulo, Rio, Minas e Mato Grosso do Sul, onde o tempo fica chuvoso até sexta-feira.
Do Espírito Santo a Roraima, vai fazer sol. No Nordeste, o tempo fica seco no sertão. No litoral, entre Alagoas e o Rio Grande do Norte, chove a qualquer hora. A Região Norte terá pancadas isoladas.
A temperatura não passa de 15°C em Curitiba e chega a 31°C em Vitória.

 

(12) PF investiga como Cachoeira soube com antecedência de operação

Em um depoimento ao CNJ, publicado pelo jornal O Estado de São Paulo, o juiz Moreira Lima diz que o grupo de Carlinhos Cachoeira soube da operação Monte Carlo um mês antes de ela ser deflagrada.

 

A Polícia Federal começou a investigar como o bicheiro Carlinhos Cachoeira conseguiu ficar sabendo, com um mês antecedência, da operação que tinha o grupo dele como alvo.
O juiz Paulo Augusto Moreira Lima foi ouvido no Conselho Nacional de Justiça. Ele pediu para sair do caso Cachoeira alegando que vinha sendo ameaçado, e vai ficar sob proteção da Polícia Federal.
“Ele sai não por fragilidade, não por covardia, não porque ele esteja com medo. Ele sai porque ele quer efetivamente descansar disso tudo”, afirmou a corregedora nacional de Justiça Eliana Calmon.
Em um depoimento ao CNJ, publicado pelo jornal O Estado de São Paulo, o juiz Moreira Lima diz que o grupo de Carlinhos Cachoeira soube da operação Monte Carlo um mês antes de ela ser deflagrada. Segundo ele, os investigados receberam informações detalhadas da operação, como o nome dos investigados.
Ainda de acordo com o juiz Moreira Lima, em uma conversa com Cachoeira, José Olimpio Queiroga, o segundo investigado mais importante, diz: “Nós temos que tomar alguma providência, temos que fazer a nossa parte, entendeu? Ir pra cima de todo mundo.”
Agora, a Polícia Federal e o Ministério Público investigam esse vazamento. A primeira suspeita foi de que a informação poderia ter partido da 11ª Vara Federal de Goiás, onde corre o processo.
Durante as investigações, a Polícia Federal descobriu uma ligação de um telefone do juiz titular da 11ª Vara, Leão Aparecido Alves, para um dos investigados. Segundo a Polícia Federal, esse telefone teria sido usado pela mulher do juiz.
No dia 7 de fevereiro desse ano, a Polícia Federal gravou uma conversa de Cachoeira com Lenine Araújo, um dos principais auxiliares do bicheiro. Eles falam sobre uma possível operação da PF, e o nome Leão é citado.
Carlinhos: Dia 14 o leão assume a Vara e ela vai dizer se tem prisão ou não.
Nesta terça-feira (19), o juiz Leão se declarou impedido de assumir o caso por motivo de foro íntimo. Ele é amigo de José Olímpio Queiroga Neto.
Ao sair da reunião do CNJ, o juiz Leão não quis dar entrevista.
O juiz federal Alderico Rocha Santos assumiu o comando do caso Cachoeira.

 

(13) Presidente do Banco do Nordeste entrega o cargo após denúncias

O Ministério Público o denunciou por desvio de dinheiro público na época em que trabalhava em uma secretaria do governo do Ceará.

 

O presidente do Banco do Nordeste, Jurandir Santiago, decidiu entregar o cargo. O Ministério Público o denunciou por desvio de dinheiro público na época em que trabalhava em uma secretaria do governo do Ceará.
O advogado de Jurandir Santiago declarou que o cliente dele precisa de tempo para se defender. Na semana passada, Robério do Vale, chefe de gabinete do banco, foi afastado do cargo depois da descoberta de fraudes na concessão de empréstimos.

 

(14) Apenas oito universidades formam meteorologistas no país

Guia de Carreiras destaca profissão nesta quarta-feira, 20/6.
Curso exige gosto por física e matemática, dizem especialistas.

 Se você adora matemática e física, e quer aliar essa habilidade à prestação de serviços, uma boa escolha pode ser a graduação em meteorologia. Nesta quarta-feira, o J.N apresenta em seu Guia de Carreiras o que fazem os meteorologistas e em que diferentes áreas eles podem atuar.

“Um meteorologista, quando se forma, está preparado para trabalhar em duas grandes áreas. Ele pode atuar como pesquisador, no ambiente acadêmico, que é o caminho escolhido pela maioria dos meteorologistas, ou pode optar por trabalhar na parte prática, com a previsão do tempo”, diz o meteorologista Gustavo Escobar, coordenador do Grupo de Previsão de Tempo do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Cptec/Inpe).
Tanto para meteorologistas que serão pesquisadores, quanto para aqueles que farão a previsão do tempo, algumas disciplinas, além da física e da matemática, são importantes.
"Os cursos de meteorologia são, geralmente, divididos em duas etapas. Na primeira, o estudante aprende matemática, cálculos numéricos, física e física das nuvens. Na segunda etapa, ele tem matérias mais profissionais, que abrangem meteorologia básica, climatologia, e previsão do tempo por técnicas numéricas e modelos conceituais. Eles aprendem a interpretar as informações coletadas por radares meteorológicos”, explica o professor Isimar de Azevedo Santos, do Departamento de Meteorologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
Outras disciplinas importantes durante a graduação são estatística, computação, elementos de cartografia e astronomia e expressão oral e escrita. “É fundamental que o meteorologista saiba falar bem e escrever, porque ele vai produzir boletins meteorológicos para especialistas em diversas áreas, e para o público leigo também”, afirma Escobar.
Atualmente, de acordo com o Ministério da Educação (MEC), o curso de meteorologia é oferecido em apenas oito universidades pelo país, todas públicas. As durações mínima e máxima do curso ficam a critério da instituição de ensino, desde que respeitada a carga horária mínima de 3 mil horas.
Previsão do tempo
No Cptec/Inpe, a previsão do tempo conta com uma equipe de 12 profissionais, entre graduados, mestres, doutores e técnicos em meteorologia. O primeiro passo para o boletim que chega ao cidadão comum pela televisão, rádio ou internet é fazer um diagnóstico da situação meteorológica em um determinado momento.
“Por meio da análise de dados captados em estações meteorológicas, determinamos o estado da atmosfera em um momento específico. A partir dessa análise, o meteorologista de previsão consegue identificar os diferentes sistemas que estão atuando na atmosfera e só assim conseguirá traçar a previsão para os próximos dias”, explica Escobar.
A previsão, no entanto, não é uma ciência exata, e depende da interpretação do grupo de meteorologistas sobre simulações feitas por computadores. “Equações matemáticas e físicas simulam, por meio de computadores, o comportamento futuro da atmosfera. Essas saídas gráficas propostas pelos computadores são interpretadas pelos meteorologistas. Por isso é tão importante a experiência do grupo.”
Engana-se, porém, quem pensa que escolher a aplicação prática da previsão de tempo restringe as funções do meteorologista. O profissional pode atuar como suporte para equipes de aviação, navegação, agricultura, além da previsão tradicional, para o grande público.
“É uma profissão bastante abrangente e corresponde a uma área que tem precisado cada vez de mais profissionais. A sociedade demanda cada vez mais explicações sobre fenômenos naturais e pesquisas sobre as variações climáticas”, diz Escobar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário